segunda-feira, 22 de novembro de 2010

É bom...a sério...

Mas porque é que quando estou a comer castanhas cruas a maioria das pessoas faz uma cara esquisita? Acham que é assim tão bom? É bom. A sério.

Gosto muito de castanhas assadas e cruas...cozidas não obrigada. Pode parecer estranho...ou não...dependendo se partilham do meu gosto...mas isto é uma espécie de vício. Começo a comer e não consigo parar. É muito bom.

E voçês gostam de castanhas cruas ou partilham da mesma cara esquisita daqui da malta? Ou preferem assadas ou cozidas?

Lau*

4 comentários:

Corina de Oliveira disse...

Pois mas não é a questão de os "anti-praxe" serem aceites ou não, é a questão da qualidade em si, da adaptação. Sei que é um pouco estúpido mas pensa na seguinte analogia: as batatas fritas do McDonnald's e do Burguer King são diferentes, apesar de serem na mesma batatas fritas, têm uma qualidade diferente... Já para não falar de personalidades completamente diferentes, eu e tu temos personalidades diferentes, só nisso a qualidade da nossa integração , será também completamente diferente.

Eu* disse...

eu nao gosto de castanhas cruas:D

beijinhos

S. disse...

Eu amo castanhas de qualquer maneira !! Cruas, cozidas ou assadas .. venham elas xD

Lau* disse...

# Corina de Oliveira

Sim...é verdade. Todos somos diferentes, e consequentemente a adaptação de cada um de nós será diferente, mas penso que a praxe não faz "milagres" por assim dizer. Não sei se me faço entender? Quem já de si tem capacidade elevada de socializar não terá muitos problemas, quem for muito tímido pode mesmo com a praxe não superar essa sua faceta. Claro que já muitas pessoas a quem a praxe alterou um pouco a sua personalidade deixando a pessoa desinibida....