quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Leitura terminada

Hoje terminei o livro que andava a lêr da Sveva Casati Modignani. É viciante este livro, as histórias por detrás da tão falada Máfia italiana. Confesso que inicialmente estava a achá-lo um pouco maçudo, mas ao fim de uns capítulos tornou-se um vício, saudável.

O livro fala de uma senhora chamada Nancy Pertinance, que virá a ser Nancy Dominicci e mais tarde Nancy Carr. Tudo começa quando Nancy é muito pequena e o pai morre nos seus braços no dia da sua comunhão, então a partir desse dia jura vingar a morte do mesmo. No entanto, não sabe ela o que o futuro lhe reserva. A mãe de Nancy tinha um amante e à hora da morte do marido esta estava nos braços do amante. Certo dia Nancy encontra o amante da sua mãe a violá-la, então pega na arma do amante da mãe (que era da sua família) e mata-o. Este foi o primeiro homicídio de Nancy. 

O segundo crime praticado por Nancy é quando descobre, que o homem pelo qual se apaixonou e pelo qual espera uma criança, é o assassino do pai. Nancy mata o amor da sua vida em prol de uma promessa feita ao pai. Os remorços pesaram-lhe. Tinha feito justiça pelas próprias mãos mas a angustia e o sofrimento permaneciam. De novo outra morte que foi ocultada.

Quando Nancy se torna uma advogada de sucesso pensa em entrar para a política, é então que surge uma jornalista americana que sabe de tudo sobre o seu passado. Que esteve envolvida com a Máfia, que matou 2 pessoas não tendo sido culpada por nenhuma. A conversa das duas fica gravada em cassete. Nancy expulsa a jornalista e esta é encontrada no dia seguinte morta e as cassetes desapareceram.

Nancy decidi ir para um convento. Anos mais tarde um outro jornalista investiga e descobre o seu paradeiro, Nancy promete contar-lhe toda a verdade. Mas quando o jornalista tem todo o material pronto para publicar tudo lhe é roubado e o seu quarto vandalizado. Todos lhe dizem para abandonar tudo, no entanto este recusa-se. Continua a tentar desvendar o passado de Nancy, até que acaba por descobrir que o actual marido de Nancy, em tempos colega de faculdade, é o chefe dos chefes da Máfia. Foi ele quem matou a jornalista para encostar Nancy contra a parede já que possuía provas que a pudessem prender durante o resto da sua vida. Nancy jura proteção ao jornlaista, no entanto, este acaba por morrer num carro armadilhado.

Adorei a história, fiquei maravilhada, todos os promenores sobre a Máfia deixa-nos colados ao livro. É incrível. O que mais me espantou foi a surpresa de o marido dela ser o manda-chuva dos mafiosos. As personagens que nos levam a achar que são as piores na verdade apenas seguem as suas ordens. Espantoso este livro.

Lau*

2 comentários:

*C*inderela disse...

li o outro dela - a cor da paixao - e adorei. Depois de ler o resume desse fiquei bastante interessada.

Bjokas*

Be Kristy disse...

Também já li esse livro. Tal como o Baunilha e Chocolate da mesma escritora. São ambos fantásticos. Mas este tem aquele toque de mistério. A mim também uma das coisas que mais me surpreendeu foi o marido dela ser o chefe dos chefes. De inicio sempre fiquei com a sensacao que o grande boss era o senhor que tomou conta dela desde pequena, e afinal.... E é fantastico ver todos os pormenores sobre a máfia siciliana.